Tratamento de Azoospermia

Os espermatozoides são produzidos nos testículos e ficam depositados nos epidídimos. A ausência de espermatozoides no sêmen ejaculado é chamada de azoospermia e é classifica como:

  • Não obstrutiva: não produção de espermatozóides pelos testículos por defeitos congênitos dos testículos, radiação, torções, criptorquidias (quando o testículo não desce para bolsa testicular) ou danos externos.
  • Obstrutiva: bloqueio do sistema de transporte do esperma que pode ocorrer por danos, vasectomia ou anormalidades do epidídimo ou canais deferentes.

Quando o homem não apresentar espermatozoides no sêmen ejaculado, um procedimento cirúrgico pode ser utilizado para obter espermatozoides. O material é avaliado imediatamente pelos embriologistas, que conseguem identificar os espermatozoides que serão utilizados na ICSI (injeção intracitoplasmática de espermatozoides).