Técnicas Laboratoriais – PICSI

A PCSI (injeção intracitoplasmática de espermatozoides fisiológica) é uma variação da ICSI que conta com o auxílio de uma substância chamada ácido hialurônico. Trata-se de um recurso laboratorial usado no tratamento de fertilização in vitro que seleciona os espermatozoides com menor taxa de fragmentação de DNA espermático para serem injetados no óvulo.

O esperma é colocado em uma placa laboratorial, semelhante a um prato, com uma substância parecida com a que é encontrada na camada externa dos óvulos. Essa substância atrai os espermatozoides de melhor qualidade que, depois, são isolados e encaminhados para a fertilização.