Procedimentos Cirúrgicos – Miomectomia

Os miomas, ou fibromiomas, são tumores benignos que ocorrem no útero. Formados por fibras musculares, eles surgem pela reprodução anormal das células e são mais frequentes em mulheres acima dos 35 anos.

De acordo com o tamanho e a localização, os miomas apresentam ou não sintomas como cólicas fortes, dores nas relações sexuais e menstruações longas e volumosas, acompanhadas ou não de coágulos de sangue.

O mioma deve ser tratado quando apresentar sintomas ou quando sua localização e tamanho possam ter relação com infertilidade. Uma das formas mais eficientes de combater o mioma preservando a fertilidade é a miomectomia.

A cirurgia retira apenas as partes fibrosas do útero, mantendo o órgão intacto e normalizando a anatomia da cavidade endometrial, restabelecendo, assim, as chances de gravidez.

A operação pode ser realizada de três maneiras diferentes: pelo umbigo, pelo canal vaginal ou ainda pelo abdômen, como uma cesariana, e é recomendada nos casos em que ainda há planos de formar – ou aumentar – a família ou apenas o desejo de preservar o útero.