Virose não é tudo igual. Saiba como se prevenir

Pronto Atendimento
Fonte: Dra. Vivian Helena Lida Avelino da Silva, infectologista no Hospital Sírio-Libanês.
Publicado em 30/03/2017

As viroses estão entre os problemas mais comuns nos serviços de Pronto Atendimento, e isso tem explicação. Virose é um termo genérico para designar qualquer doença ou infecção provocada por vírus, mas nem toda virose é igual.

As viroses respiratórias e as gastrointestinais, duas das mais frequentes, são provocadas por vírus diferentes, explica a dra. Vivian Helena Lida Avelino da Silva, infectologista no Hospital Sírio-Libanês. "Os vírus que geralmente causam viroses respiratórias são o rinovírus, o vírus sincicial respiratório, o adenovírus, o influenza, o parainfluenza e o metapneumovírus", alerta. "Já os vírus gastrointestinais são o enterovírus, o adenovírus entérico, o coronavírus, o rotavírus, entre outros", compara a médica.

Sintomas

Os principais sintomas das viroses respiratórias costumam ser:

  • Obstrução nasal.
  • Dor de garganta.
  • Febre.
  • Tosse.
  • Falta de apetite.
  • Coriza.
  • Mal-estar.

Os sintomas das viroses gastrointestinais, por sua vez, geralmente são:

  • Náusea.
  • Vômitos.
  • Dor abdominal.
  • Cólicas.
  • Diarreia.
  • Mal-estar.
  • Febre (às vezes).

Como me prevenir de viroses?

As viroses respiratórias são transmitidas por gotículas da boca e do nariz da pessoa doente. Essas gotículas podem ser expelidas diretamente para a boca ou o nariz da pessoa saudável; ou ficarem sobre suas mãos ou objetos.

Já as viroses gastrointestinais, além de serem transmitidas por gotículas da boca ou do nariz, podem ser transmitidas através do contato fecal-oral. Ou seja, mãos, objetos ou alimentos contaminados com fezes de uma pessoa infectada se tornam meios de transmissão da doença em contato com a boca.

Por isso, as medidas de higiene são as mais utilizadas para a prevenção das viroses respiratórias e gastrointestinais, ressalta a dra. Vivian. "Devemos lavar as mãos com água e sabão após ir ao banheiro, antes e depois de nos alimentarmos; e evitar contato com outras pessoas se estivermos doentes", recomenda a médica.

Frutas e legumes devem ser sempre bem lavados com água corrente e sanitizados com solução clorada. Ou seja, ficarem submersos por 15 a 20 minutos em uma solução com água e cloro ativo a 200 ppm. O Ministério da Saúde indica uma colher (sopa) de hipoclorito de sódio (água sanitária própria para alimentos) para cada litro de água. Produtos específicos para essa finalidade também podem ser comprados em supermercados e são distribuídos gratuitamente em postos de saúde.

Diagnóstico e tratamento das viroses

Tanto as viroses respiratórias como as gastrointestinais podem ser graves. No caso das respiratórias, a pessoa infectada pode ter uma forma de pneumonia desenvolvida pelo próprio vírus ou por bactéria em decorrência da inflamação causada pela virose. Já as viroses gastrointestinais podem provocar desidratação, se os líquidos perdidos por diarreia e vômitos não forem repostos. Por isso, em ambos os casos, é muito importante procurar ajuda médica.

Na maioria das vezes, o diagnóstico é feito pelo médico através dos sintomas que a pessoa apresenta. Em casos raros, quando o médico julgar necessário conhecer o vírus causador da virose, podem ser realizados exames a partir da secreção do nariz, no caso das viroses respiratórias, ou das fezes, no caso das viroses gastrointestinais.

Os tratamentos quase sempre são feitos com medidas de suporte, ou seja, hidratação e medicamentos para aliviar a dor e a febre. Quando essas medidas não são suficientes, o médico pode indicar hidratação através da veia, o que exige hospitalização.

O Pronto Atendimento do Hospital Sírio-Libanês conta com diversos profissionais habilitados para fazer o diagnóstico e o tratamento das viroses. Todos os pacientes que chegam ao local passam por uma rápida avaliação da enfermagem (triagem), que verifica a urgência do caso e define a prioridade de atendimento, assegurando que os pacientes em situação mais grave recebam atendimento imediato.