Hérnia de disco lombar

 
Fonte: Dr. Alexandre Fogaça Cristante - CRM: 90.738 - Coordenador do Núcleo da Coluna
Publicado em 10/06/2021
Hérnia de Disco Lombar

A hérnia de disco lombar é o resultado da saída do conteúdo de dentro do disco intervertebral com compressão de alguma raiz nervosa na coluna vertebral, gerando uma dor que irradia das costas até abaixo do joelho, podendo chegar até o pé. O resultado é a dor popularmente conhecida como o “dor no ciático”, apesar dessa não ser a única causa para esse tipo de dor.

Tal doença tem uma incidência de 10% nos adultos que se queixa de dor lombar. Ocorre mais frequentemente entre os 30 e 50 anos de idade. Os sítios mais frequentes de aparecimento da hérnia de disco são os últimos discos lombares, já que são os que sofrem mais sobrecarga, apresentam maior movimentação e envelhecem mais rapidamente. Ainda assim, os outros discos intervertebrais podem apresentar a hérnia de disco.

Nem toda hérnia de disco causa os sintomas de dor com irradiação para a perna. Mas por quê? Ora, a hérnia de disco pode existir e mesmo assim não comprimir nenhum nervo, não desenvolvendo os tão terríveis sintomas. Mesmo havendo compressão, pode não haver sintomas se não houver resposta inflamatória suficiente na região da compressão. Por outro lado, há casos mais graves que podem evoluir com fraqueza e até mesmo incontinência urinária e fecal.

Alguns fatores de risco predispõem ao aparecimento da hérnia de disco lombar como, por exemplo, o tabagismo e o estilo de vida sedentário. Porém, nem todos os casos podem se enquadrar nos fatores de risco. Ela pode ocorrer espontaneamente como o resultado do envelhecimento da coluna vertebral.

O diagnóstico se dá por meio de avaliação médica adequada, com anamnese e exame físico complementado por exames de imagem. Normalmente a ressonância magnética é o exame de escolha para a confirmação do diagnóstico.

A boa notícia é que a maioria das hérnias de disco são de tratamento conservador, ou seja, uso de medicações associado à terapias adjuvantes como a fisioterapia. Com o tempo, quase todas as hérnias de disco tendem a ser reabsorvidas pelo organismo. Contudo, nem todos os casos são tratados assim. Perda de controle esfincteriano, falha de resposta ao tratamento conservador, fraqueza progressiva em membros inferiores são apenas algumas indicações para o tratamento cirúrgico da hérnia de disco lombar.

Referências:

  1. Ropper, A. H. & Zafonte, R. D. Sciatica. N Engl J Med 2015; 372: 1240–1248
  2. Deyo, R. A. & Mirza, S. K. Herniated Lumbar Intervertebral Disk. N Engl J Med 2016; 374: 1763–1772


Nosso Atendimento

O serviço de Especialidades Médicas Sírio-Libanês reúne equipes médicas e equipes multidisciplinares especializadas, trabalhando de forma integrada para oferecer o que há de melhor em diagnósticos e tratamentos, promoção de saúde, qualidade de vida e planos de cuidados centrados no paciente.

Horário de funcionamento:

De segunda à sexta-feira, das 8h às 20h 

Informações:
Telefone: +55 (11) 3394-5007 

Onde estamos:

Rua Dona Adma Jafet, 115 Núcleo de Medicina Avançada
Bloco E - 4º andar - Bela Vista - São Paulo