Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon
Hospital Sírio-LibanêsSua SaúdeCorrer melhora qualidade de vida, mas exige cuidados

Sua Saúde

Correr melhora qualidade de vida, mas exige cuidados

Centro de cardiologia; Medicina do Exercício e do Esporte
Fonte: Dra. Patrícia Alves de Oliveira e dra. Amanda Gonzales Rodrigues, cardiologistas e médicas da Unidade de Cardiologia do Exercício do Hospital Sírio-Libanês.
Publicado em 18/05/2017

A corrida tem se tornado cada vez mais comum entre brasileiros. Na cidade de São Paulo, por exemplo, o número de corridas de rua autorizadas pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) aumentou em aproximadamente 45% nos últimos cinco anos. Em 2015 foram realizadas 110 corridas com autorização da Prefeitura. Isso significa uma média de mais de duas corridas por semana.

Apesar de trazer vários benefícios para a saúde, como a redução do risco para doenças cardiovasculares, entre elas o infarto e o acidente vascular cerebral (AVC), as corridas exigem cuidados. "Para quem deseja começar a correr ou intensificar os treinos, o ideal é realizar uma avaliação médica, para afastar eventuais riscos com o início da prática, e com um educador físico para programação dos treinos", comenta a dra. Amanda Gonzales Rodrigues, médica da Unidade de Cardiologia do Exercício do Hospital Sírio-Libanês.

Além das condições de saúde de cada um, a prática da corrida depende também das condições funcionais, ou seja, do condicionamento físico, juntamente com adaptações da estrutura musculoesquelética. Portanto, todos podem correr, mas o que pode variar são os ritmos e as distâncias de uma pessoa para outra.

No geral, a indicação médica é de atividades físicas moderadas, no caso a corrida, pelo menos, 150 minutos por semana, o que significa um pouco mais de 20 minutos por dia. O uso de tênis adequados e hidratar-se durante os treinos também é fundamental.

Segundo explica a dra. Amanda, pessoas que correm apenas nos fins de semana têm, em média, um risco cinco vezes maior de desenvolver problemas cardíacos do que aquelas que se exercitam com regularidade. "A prática irregular de exercícios não promove o condicionamento físico e não auxilia na prevenção de doenças", enfatiza a cardiologista.

Outros benefícios já comprovados nas pessoas que correm regularmente são:

  • Manutenção da massa óssea, reduzindo o risco de osteoporose.
  • Melhoria na qualidade do sono.
  • Aumento da força e da flexibilidade muscular.
  • Diminuição da pressão arterial, prevenindo a hipertensão.
  • Ajuda no tratamento da asma.

Posso me basear nos monitores cardíacos para correr?

Um grande aliado dos corredores nos últimos anos tem sido os equipamentos eletrônicos que ajudam a calcular os tempos, as distâncias percorridas e as frequências cardíacas. Para a dra. Patrícia Alves de Oliveira, também médica da Unidade de Cardiologia do Exercício do Hospital Sírio-Libanês, essas ferramentas ajudam a incentivar a prática da corrida, pois estimulam a competição entre amigos e a criação de planilhas de treinamentos.

No entanto, a cardiologista explica que a maioria dos equipamentos que fazem o monitoramento cardíaco durante as corridas calculam as frequências cardíacas para treinamento com base na idade do paciente.

Sendo assim, em jovens e adultos saudáveis, a precisão das faixas de frequência cardíaca de treinamento calculada pelo monitor tende a ser maior. Já nos idosos, sobretudo, aqueles com doenças associadas ou que fazem uso de medicamentos, as fórmulas para predição de frequência cardíaca nem sempre são compatíveis. Nesses casos, as frequências cardíacas ideais de treinamentos devem ser individualizadas por meio de avaliação clínica e testes de esforço (ergométrico e ergoespirométrico).

A Unidade de Cardiologia do Exercício do Hospital Sírio-Libanês oferece a seus pacientes o Programa de Avaliação do Atleta. Esse programa atende atletas profissionais e amadores, avaliando suas condições de saúde e, quando necessário, oferece orientações em suas programações de corrida e em outros exercícios.

Além de avaliação clínica cardiológica, o Programa de Avaliação do Atleta do Hospital Sírio-Libanês realiza exames específicos, como o teste ergoespirométrico; atendimento nutricional e bioimpedância; e avaliação e atendimento psicológico.

Veja as fotos abaixo e saiba mais sobre os benefícios da corrida para sua saúde: