15 sinais de que é preciso buscar ajuda médica

Cardiologia; Oncologia
Fonte: Dr. Alfredo Salim Helito, clínico-geral e médico de família no Sírio-Libanês
Publicado em 24/04/2015

​​​Desconforto respiratório, inchaço súbito, delírio, queda de pressão ou até mesmo mudanças dos hábitos intestinais e sede exagerada sem explicação são sinais que exigem os cuidados de um médico.

A conceituada Clínica Mayo, dos Estados Unidos, preparou uma lista com dez sinais que indicam as necessidades de procurar por ajuda médica. Além desses dez sinais, o dr. Alfredo Salim Helito, clínico-geral e médico de família no Sírio-Libanês, acrescenta outros cinco sintomas, que segundo ele, “não devem ser ignorados em hipótese alguma”. (Veja no infográfico abaixo).

Segundo o dr. Salim, pessoas que nunca tiveram problema com a digestão alimentar, por exemplo, mas de repente começam a se sentir muito saciadas após comer pequenas quantidades de comida, podem não estar com nada grave. No entanto, esses também podem ser os primeiros sinais de problemas no aparelho digestivo ou de uma doença tumoral.

Já as dores de cabeça intensas e a sensação de fraqueza podem ser apenas uma gripe, como também um AVC (acidente vascular cerebral), quando acompanhadas de perda de visão ou da fala.

Os flashes de luz nos olhos, como faíscas, podem ser o descolamento da retina; e a febre muita alta pode ser sintoma de doenças infecciosas, reumatológicas, hematológicas e até oncológicas, quando não estiver associada a sintomas de gripe ou virose como nariz escorrendo e dor de garganta.

O infográfico a seguir revela os 15 sinais que indicam a necessidade de procurar por ajuda médica. Todos eles podem indicar o início de problemas e enfermidades mais sérias.

Apenas o médico poderá interpretar corretamente esses sinais e completar o diagnóstico, mas cabe a nós ficar atento às sensações incomuns, intensas, que surgem de repente e que persistem.

“A gente sabe quando algo está errado com o nosso corpo. Se a dor vem e passa, a gente ignora, mas quando ela vem e se estabelece, é sin​al para correr ao médico”, avalia o dr. Salim.

Infográfico - 15 sinais que exigem a procura de um médico