Saúde em Nossas Mãos

Projeto executado de forma colaborativa entre o Sírio-Libanês e os outros quatro hospitais de excelência reconhecidos pelo Ministério da Saúde (Albert Einstein, Moinhos de Vento, HCor e Oswaldo Cruz).

A iniciativa visa reduzir as infecções de corrente sanguínea, trato urinário relacionado a cateter e pneumonia associada à ventilação mecânica em 50% em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) de 119 hospitais públicos.

O projeto pretende disseminar o modelo de implantação de melhorias para outras unidades dos hospitais e para outros hospitais. Além disso, o projeto pretende demonstrar impacto financeiro na redução de infecções.

Resultados de 2019:

Redução geral de 41% dos casos de infecção relacionadas à assistência à saúde (IRAS), sendo;

  • 48% nos casos de infecção do trato urinário associada a um cateter vesical de demora (ITU-AC);
  • 28% em pneumonia associada a ventilação mecânica (PAV).

Até março, estima-se que 2.345 infecções tenham sido evitadas nos hospitais participantes do projeto. Quando revertido em vidas salvas, esse número é de 779.