Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon
Hospital Sírio-LibanêsImprensaNotíciasCrianças que mamam no peito também precisam escovar os dentes antes de dormir

Notícias

Crianças que mamam no peito também precisam escovar os dentes antes de dormir

Publicado em 17/07/2017

Você se lembra de escovar os dentes do seu filho todas as noites com creme dental fluorerato antes de colocá-lo na cama? Esse hábito deve ser incorporado desde cedo na vida para garantir uma boa saúde bucal. Um novo estudo realizado no Brasil e publicado na revista científica Pediatrics voltou a reforçar essa ideia. Os pesquisadores analisaram os efeitos da amamentação prolongada e do consumo de açúcar na dentição. Mais de mil crianças foram acompanhadas no município de Pelotas (RS), do nascimento aos 5 anos de idade, e os resultados são interessantes.

A pesquisa concluiu que as crianças que mamam no peito por mais que dois anos apresentam quase 2,5 vezes mais chance de ter cáries graves do que as demais. "A hipótese por trás disso é de que essas crianças, provavelmente, sejam amamentadas em livre demanda, adormecem próximas ao peito da mãe e, por isso, têm menos chance de ter os dentes limpos. O leite materno contém um açúcar chamado lactose. Durante a noite, ele fica em contato com os dentes por muitas horas", afirma a pesquisadora brasileira que liderou o estudo, Karen Peres, professora na Universidade de Adelaide (Austrália).

Karen explica que a saliva é um protetor natural contra as cáries mas, durante a noite, a produção diminui e os dentes ficam mais vulneráveis aos micro-organismos que se alimentam de açúcar. A saída para evitar o problema é a escovação antes de dormir, ainda que a criança mame no peito depois, durante a madrugada.

"Todos os profissionais da área de saúde devem encorajar as mães a amamentar pelo maior tempo possível, mas é preciso também incentivá-las a higienizar os dentes das crianças precocemente, desde quando eles aparecem", diz a pesquisadora. Karen afirma ainda que a escovação antes de dormir não é um hábito cultivado por boa parte das famílias – e isso se observa em todos os níveis sociais.

Higiene bucal

Enquanto o recém-nascido não tem dentes, as bactérias que causam a cárie são engolidas, sem danos à saúde bucal. Os dentes do bebê começam a surgir entre os 6 e 14 meses de vida, no geral. Quando o primeiro deles aparece, é hora de começar a limpeza, duas vezes por dia – antes de dormir deve ser uma delas. Os pais devem utilizar escova e pasta (com flúor) adequada para a idade do bebê (verifique as informações na embalagem). A quantidade da pasta deve ser bem pequena. "O equivalente a um grão de arroz é suficiente", ensina a pediatra Cylmara Gargalak Aziz, membro da Sociedade Brasileira de Pediatria e do corpo clínico do Hospital Sírio Libanês (SP).

Ela explica também que, para aqueles pais que desejam criar o hábito da higiene bucal desde cedo, é válido começar a limpar a boca do bebê com um mês de vida, duas vezes ao dia. Para isso, utilize uma gaze úmida (com água mineral) para retirar o excesso de leite que se acumula na língua e na mucosa da boca.

 

Fonte: revistacrescer.globo.com


Assunto(s): Bem-estar; Saúde; Notícias
  • ​​​​​​Assessoria de Imprensa​

    Plantão
    +55 (11) 9 9135-1217

    WN&P Comunicação

    Gabriel Iralla Luccas
    +55 (11) 3394-4830
    Nara Bueno
    +55 (11) 3394-4819
    Itacir Figueiredo
    +55 ​(11) 5095-2660