Confira o que os especialistas do Hospital Sírio-Libanês já falaram na imprensa sobre o novo Coronavírus:

HOSPITAIS BRASIL ONLINE
Data Veiculação: 27/08/2020 às 00h00

Com o objetivo de debater ideias e medidas de sucesso realizadas durante a pandemia da Covid-19, a Gocil, empresa de segurança privada e multisserviços, realizará mais uma edição do ON-Meeting Gocil. O tema dessa vez será sobre um dos ambientes que mais foram impactados pela crise sanitária, o de hospitais. A conversa terá a participação da superintendente de Facilities do Hospital Sírio-Libanês, Marina Muto, e da gerente-executiva de Suprimentos da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, Helga Canelas. As executivas debaterão como a operação com fornecedores, clientes, colaboradores e terceirizados foi impactada e como as instituições se adaptaram para enfrentar a crise ocasionada pelo novo coronavírus. O CEO da Gocil, Bruno Jouan, e o diretor comercial e marketing da Gocil, Fábio Moreira, mediarão a live, que ocorrerá no dia 10 de setembro (quinta-feira), às 17h, com transmissão ao vivo no canal do YouTube da Gocil. Link do formulário de inscrição: mailchi.mp/gocil/onmeeting Veja o perfil das convidadas da 2ª edição do ON-Meeting Gocil: Marina Muto – superintendente de Facilities do Hospital Sírio-Libanês Desde 2017 ocupa o cargo de Superintendente de Facilities do Hospital Sírio Libanês. Graduada em Enfermagem pela Universidade de São Paulo. Está no hospital, desde 1991, com atuação como enfermeira assistencial, Coordenação de Enfermagem das Unidade de Internação e Gerente de Atendimento. Helga Canelas, gerente-executiva de Suprimentos da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo Helga possui mais de 20 anos de experiência em negociações de compras estratégicas em instituições de diversos segmentos, tendo ocupado posições de liderança na área de Suprimentos em empresas como Duratex, Vale e Whirpool. Na BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo desde 2017, ela atua como head de Suprimentos e é responsável pelas diretrizes estratégicas de compras com a utilização das melhores práticas de procurement visando à obtenção de resultados financeiros sustentáveis por meio do estabelecimento de parcerias estratégicas com toda a cadeia de fornecimento. A executiva lidera um time de cerca de 30 pessoas, com áreas estruturadas de acordo com os objetivos de negócio e orientados pelas mais modernas estratégias de negociação. Helga é graduada em Economia pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e possui especializações pela The University of Chicago Booth School of Business e o título de Master in Business Administration (MBA) em Logística, Materiais e Gestão de Supply Chain pela Inbrasc/Live University.

ABOUT FARMA/SÃO PAULO
Data Veiculação: 27/08/2020 às 00h00

No Brasil, até o momento, mais de 2 milhões de pessoas conseguiram vencer o novo coronavírus. No entanto, grande parcela desses pacientes ainda precisa de atenção mesmo após a alta hospitalar, e a suplementação nutricional é uma parte importante desse cuidado. Pensando nesses pacientes, Danone Nutricia, divisão de nutrição especializada da Danone, está oferecendo subsídio para pesquisa clínica e 16 dias de tratamento nutricional para auxiliar na recuperação desses pacientes. As iniciativas vêm ao encontro da missão de Danone Nutricia de transformar vidas por meio da nutrição e irão contar com o apoio de médicos que estão trabalhando na linha de frente da COVID-19. Para ajudar na recuperação nutricional daqueles que venceram a doença, os profissionais poderão enviar um kit para 16 dias de tratamento aos pacientes que necessitarem de cuidados nutricionais após a alta. Os beneficiados irão receber em casa, de forma gratuita, 16 unidades de Nutridrink Compact Protein, suplemento nutricional que contém nutrientes que contribuem para recuperação e manutenção de massa muscular e peso. Serão mais de 6 mil pacientes atendidos em todo o Brasil, totalizando a distribuição de 100 mil unidades de produto. "Decidimos utilizar nossa expertise em nutrição especializada para demonstrar nossa empatia com o momento de vida das pessoas que venceram este desafio. A intenção é auxiliar na recuperação nutricional daqueles que sofreram com a doença, contando com o apoio imprescindível de nossos parceiros da área médica", comenta Edson Higo, presidente da Danone Nutricia no Brasil. Danone Nutricia também está apoiando uma iniciativa de pesquisa clínica que vai analisar o impacto da suplementação nutricional na recuperação de pacientes que foram hospitalizados com a COVID-19. "O estudo tem dois objetivos. Um deles é o de avaliar o tipo e frequência das manifestações gastrintestinais como parte dos sintomas da COVID-19. O outro é avaliar o impacto de suplementos orais em pacientes com COVID-19 que mantêm dieta oral voluntária", explica Paulo César Ribeiro, gerente médico da equipe multidisciplinar de terapia nutricional do Hospital Sírio Libanês. A pesquisa acompanhará 200 pacientes, após a alta da unidade de terapia intensiva, nos centros de pesquisa do Hospital Sírio Libanês e do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo, localizados no estado de São Paulo. "Além dos problemas respiratórios graves, a infecção por COVID pode reduzir a capacidade do paciente de se alimentar, o que traz consequências para seu estado nutricional. Além de observar os efeitos dessa recusa à alimentação, vamos estudar a utilidade, aceitação e tolerância de um suplemento oral hiper proteico desenhado para essas situações", explica Dan L. Waitzberg, professor associado do Departamento de Gastroenterologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Além do Brasil, outros 16 países são apoiados por Danone Nutricia com subsídios que somam, aproximadamente, 1 milhão de euros para essas pesquisas. "Nutrição e saúde estão diretamente relacionadas. O poder da nutrição no auxílio à melhora e manutenção de nossas condições físicas, além da prevenção de uma série de doenças, é cientificamente comprovado. Por este motivo, oferecer uma nutrição adequada e balanceada ao paciente com condições graves de saúde é extremamente importante. A nutrição especializada é um recurso fundamental para o tratamento de pacientes com doenças graves e evidências cientificas com foco na COVID-19 serão fundamentais nesta luta global contra os inevitáveis efeitos causados pelo tempo de internação", complementa a médica Márcia Schontag, Diretora de Medical Affairs de Danone Nutricia no Brasil. Sobre a Danone?Nutricia?? Danone Nutricia, divisão de nutrição especializada da Danone no Brasil, tem como missão transformar vidas pela nutrição. Possui um portfólio com mais de 220 marcas reconhecidas e inovadoras, resultado de mais de 100 anos de pesquisas. A ciência tem papel fundamental e está no centro do compromisso da Danone Nutricia com a nutrição e a saúde em todos os momentos chaves da vida.? Danone Nutricia, Mais que Nutrir, Transformar https://www.danonenutricia.com.br Fonte: Ideal H+K Anvisa aprova nova indicação de enzalutamida paraNova indicação de uso para o Xtandi (enzalutamida) no... Aprovado o registro da primeira terapia gênicaTratamento inovador é alternativa terapêutica para doença... RaiaDrogasil doa R$ 500 mil ao Hospital SãoValor integra o fundo "Todo Cuidado Conta", que direciona... ADJ Diabetes Brasil realiza campanha nacionalA primeira edição será focada no Estado do Pará com a... Farma no Brasil Farma no Brasil Setor farmacêutico vê com preocupação possível fim do Farmácia PopularGoverno cogita extinguir o Programa Farmácia Popular para viabilizar o novo Renda Brasil, o que... Medicamentos Medicamentos Prati-Donaduzzi desenvolve alta tecnologia nacional para a produção de medicamento para AlzheimerA indústria farmacêutica objetiva reduzir a dependência da tecnologia internacional. Saúde Saúde Danone Nutricia amplia atuação na luta global contra a COVID-19Além de doar produtos, a empresa reforça seu compromisso científico investindo em pesquisas com... Farma no Brasil Farma no Brasil Grupo Tapajós moderniza operação atacadistaNovo fluxo operacional aumentou em 50% a produtividade no CD de Manaus.

HOSPITAIS BRASIL ONLINE
Data Veiculação: 27/08/2020 às 00h00

No Brasil, até o momento, mais de 2 milhões de pessoas conseguiram vencer o novo Coronavírus. No entanto, grande parcela desses pacientes ainda precisa de atenção mesmo após a alta hospitalar, e a suplementação nutricional é uma parte importante desse cuidado. Pensando nesses pacientes, Danone Nutricia, divisão de nutrição especializada da Danone, está oferecendo subsídio para pesquisa clínica e 16 dias de tratamento nutricional para auxiliar na recuperação desses pacientes. As iniciativas vêm ao encontro da missão de Danone Nutricia de transformar vidas por meio da nutrição e irão contar com o apoio de médicos que estão trabalhando na linha de frente da Covid-19. Para ajudar na recuperação nutricional daqueles que venceram a doença, os profissionais poderão enviar um kit para 16 dias de tratamento aos pacientes que necessitarem de cuidados nutricionais após a alta. Os beneficiados irão receber em casa, de forma gratuita, 16 unidades de Nutridrink Compact Protein, suplemento nutricional que contém nutrientes que contribuem para recuperação e manutenção de massa muscular e peso. Serão mais de 6 mil pacientes atendidos em todo o Brasil, totalizando a distribuição de 100 mil unidades de produto. “Decidimos utilizar nossa expertise em nutrição especializada para demonstrar nossa empatia com o momento de vida das pessoas que venceram este desafio. A intenção é auxiliar na recuperação nutricional daqueles que sofreram com a doença, contando com o apoio imprescindível de nossos parceiros da área médica”, comenta Edson Higo, presidente da Danone Nutricia no Brasil. Danone Nutricia também está apoiando uma iniciativa de pesquisa clínica que vai analisar o impacto da suplementação nutricional na recuperação de pacientes que foram hospitalizados com a Covid-19. “O estudo tem dois objetivos. Um deles é o de avaliar o tipo e frequência das manifestações gastrintestinais como parte dos sintomas da Covid-19. O outro é avaliar o impacto de suplementos orais em pacientes com Covid-19 que mantêm dieta oral voluntária”, explica Paulo César Ribeiro, gerente médico da equipe multidisciplinar de terapia nutricional do Hospital Sírio Libanês. A pesquisa acompanhará 200 pacientes, após a alta da unidade de terapia intensiva, nos centros de pesquisa do Hospital Sírio Libanês e do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo, localizados no estado de São Paulo. “Além dos problemas respiratórios graves, a infecção por Covid pode reduzir a capacidade do paciente de se alimentar, o que traz consequências para seu estado nutricional. Além de observar os efeitos dessa recusa à alimentação, vamos estudar a utilidade, aceitação e tolerância de um suplemento oral hiper proteico desenhado para essas situações”, explica Dan L. Waitzberg, professor associado do Departamento de Gastroenterologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Além do Brasil, outros 16 países são apoiados por Danone Nutricia com subsídios que somam, aproximadamente, 1 milhão de euros para essas pesquisas. “Nutrição e saúde estão diretamente relacionadas. O poder da nutrição no auxílio à melhora e manutenção de nossas condições físicas, além da prevenção de uma série de doenças, é cientificamente comprovado. Por este motivo, oferecer uma nutrição adequada e balanceada ao paciente com condições graves de saúde é extremamente importante. A nutrição especializada é um recurso fundamental para o tratamento de pacientes com doenças graves e evidências cientificas com foco na Covid-19 serão fundamentais nesta luta global contra os inevitáveis efeitos causados pelo tempo de internação”, complementa a médica Márcia Schontag, Diretora de Medical Affairs de Danone Nutricia no Brasil.

AE BROADCAST/SÃO PAULO
Data Veiculação: 27/08/2020 às 23h51

App e consultoria desenvolvem manual de boas práticas para “novo normal” Protocolo inédito faz parte de Pacote de Proteção com investimento de R$ 32 mi Confira dicas de especialistas e médicos da instituição São Paulo, 27 de agosto - A empresa de transporte por aplicativo 99 anunciou nesta semana que fechou uma parceria com a área de Consultoria do Hospital Sírio-Libanês para enfrentar a Covid-19 em corridas da plataforma. O projeto prevê uma série de iniciativas e avaliações sobre o período de crise e retomada, entre elas um inédito mapa de risco contra contágio em veículos e um manual de boas práticas com dicas para diminuir a chance de contaminação no app, com foco no chamado “novo normal”. A cooperação faz parte do Pacote de Proteção da 99, que já conta com investimento de mais de R$ 32 milhões em ações contra o novo coronavírus. Aos poucos a rotina da população vai sendo normalizada, especialmente o retorno ao trabalho. Porém, o cenário da pandemia ainda exige muitos cuidados. Diante da projeção de retorno do deslocamento pelas cidades e a busca de carros de aplicativo para evitar transportes com aglomeração, a 99 e a Consultoria Sírio-Libanês firmaram uma parceria para avaliar os desafios presentes e projeções das possibilidades futuras. Um dos destaques é um mapa de risco inédito que indica os locais de atenção dentro e fora do veículo (veja nas imagens). O trabalho também inclui um manual de boas práticas com dicas para as viagens na plataforma. Confira abaixo algumas das mais importantes, selecionadas pelo Dr. André Alexandre Osmo, médico e consultor sênior do Sírio-Libanês: Antes das corridas Apesar da reabertura, evite sair de casa a menos que estritamente necessário use a máscara sempre e de forma correta. Não adianta deixá-la no queixo ou com o nariz para fora não se sente no banco da frente do carro. Atrás você aumentará o distanciamento durante as corridas se precisar ajustar a máscara, use álcool 70% nas mãos e não toque na parte da frente ou de dentro. Arrume pelos elásticos Mantenha os vidros abertos durante o caminho para aumentar a circulação de ar Evite contato físico e tente manter as conversas a um mínimo durante todo o trajeto Depois das corridas Retire jóias/adereços e higienize as mãos com álcool lembrando de regiões como a parte de baixo das unhas Ao fim da viagem, motoristas devem limpar superfícies de maior contato, como cintos e abridores Na limpeza, começar pelas áreas de menor risco (banco e cinto) às de maior risco (abridores e maçanetas) para não espalhar o vírus Continue cumprindo as medidas preventivas, pois o desrespeito a uma anula as demais Mais de 180 horas de análises O projeto teve duração de 180 horas em que foram criados e revisados diversos materiais informativos. Os protocolos e pareceres internos e externos foram desenvolvidos com envolvimento de uma equipe multiprofissional incluindo médicos, administradores, comunicadores e engenheiros de operação. As análises da retomada englobam não só questões sobre saúde de passageiros e motoristas, como também protocolos de reabertura das 35 Casas99, os centros de atendimento presencial que se encontram fechados. O objetivo é voltar às atividades nesses locais no momento certo, com pareceres garantindo planejamento e cuidado à medida que as cidades reabrem. As ações incluem fornecimento de informação, regras para evitar aglomerações e verificação de temperatura. “O apoio técnico dado à 99 segue recomendações da OMS e pesquisas científicas”, diz Rafael Saad, gerente da Consultoria do Hospital Sírio-Libanês. “Ao colocar essas medidas em prática e comunicar de forma efetiva aos usuários, as chances de replicar esse comportamento para outros ambientes é muito grande e ajudará a multiplicar ainda mais esse efeito.” Para Thiago Hipólito, Diretor de Segurança da 99, o objetivo é aumentar ainda mais as iniciativas de proteção a passageiros e motoristas: “buscamos criar novas ações e aumentar a efetividade das já existentes. A parceria com a consultoria do Sírio-Libanês foi feita para nos apoiar na melhora”, afirma. Pacote de proteção à pandemia A parceria com a Consultoria do Hospital Sírio-Libanês faz parte de um Pacote de Proteção da 99 contra a Covid-19. Até agora, o aplicativo investiu mais de R$ 32 milhões para prevenir e combater os impactos da Covid-19. Desses, R$ 20 milhões são para um fundo de apoio para motoristas diagnosticados com a doença. O conjunto de iniciativas inclui 17 bases pelo Brasil que realizam a distribuição de máscaras e álcool em gel para motoristas, além de escudos plásticos que servem de barreira física entre o condutor e o passageiro no carro. As bases realizam, ainda, sanitização veicular que reduz o risco de contaminação pelo novo coronavírus. A empresa desenvolveu ainda tecnologias como o reconhecimento facial para verificar se o condutor está de máscara; uma segunda checagem com o passageiro de se ele(a) manteve o equipamento vestido durante a corrida; assim como a possibilidade de qualquer usuário reportar o não-uso da máscara durante as corridas da plataforma. Sobre a 99 A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global Didi Chuxing ("DiDi"). O aplicativo conecta mais de 750 mil motoristas a 20 milhões de passageiros em mais de 1.600 cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a empresa oferece sete tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Poupa, categoria econômica de carros particulares disponível em horários de baixa demanda nas grandes capitais; 99Taxi, categoria que cobre todo o país; 99Top, serviço de táxis de luxo oferecido em São Paulo; 99Comfort, que reúne comodidade de carros novos e espaçosos a um preço acessível em algumas capitais do país - Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Brasília (DF) e São Paulo (SP); 99Entrega, categoria de entrega de itens pessoais presente em mais de 30 cidades do país; e 99Pay, primeira carteira digital criada por um aplicativo de mobilidade urbana no Brasil que oferece vantagens como descontos em corridas e pedidos de delivery, bem como o pagamento online de boletos. Sobre o Sírio-Libanês A Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês, instituição filantrópica fundada em 1921, trabalha diariamente para oferecer e compartilhar com a sociedade uma assistência médico-hospitalar de excelência, sempre com um olhar humanizado e individualizado em mais de 60 especialidades. Desenvolve também atividades de ensino e pesquisa e executa projetos que consolidam sua responsabilidade social genuína. O Sírio-Libanês mantém o compromisso assumido há quase 100 anos por sua fundadora e realiza iniciativas sociais em quatro pilares: Integração com a Comunidade, Ambulatórios, Instituto Sírio-Libanês de Responsabilidade Social e Projetos de Apoio ao SUS. O Sírio-Libanês Ensino e Pesquisa promove cursos de atualização, pós-graduação, pesquisas e estudos, disseminando conhecimento e boas práticas para a sociedade em geral. A instituição foi pioneira na criação do programa Sírio-Libanês Saúde Corporativa, que une empresas, operadoras e medicina no cuidado qualificado e acompanhamento da saúde. O serviço é voltado para organizações de diversos setores e atende mais de 120 mil vidas, ajudando na gestão do benefício do plano de saúde e melhorando a qualidade de vida e produtividade de profissionais. Atualmente, o Sírio-Libanês está presente com unidades físicas em São Paulo e Brasília.

G1/NACIONAL
Data Veiculação: 27/08/2020 às 21h23

Em um vídeo publicado em redes sociais, o governador Wilson Lima informou que está recuperado da Covid-19, nesta quinta-feira (27). Wilson Lima testou positivo para o novo coronavírus no dia 13 de agosto, quando iniciou o protocolo de isolamento domiciliar por duas semanas. Ele foi o 12º governador do País a contrair o vírus. De acordo com o governador, na tarde de quinta (27), ele repetiu o exame para o novo coronavírus, que confirmou o diagnóstico de recuperação e o fim do período de transmissão. Em todo o Amazonas, já são mais de 118 mil casos confirmados, com mais de 3,6 mil mortes, além de mais de 100 mil pessoas recuperadas da doença. “Estou vindo aqui, cumprindo aquele nosso compromisso de transparência em tudo relacionado ao Covid, dizer que acabei de receber meu exame e ele testou negativo, ou seja, estou curado. A primeira-dama também testou negativo, está todo mundo bem de saúde”, afirmou o governador nas redes sociais. No período de isolamento domiciliar, durante o qual apresentou apenas sintomas leves da doença, o governador despachou de casa e manteve as reuniões de trabalho por videoconferência, segundo o Governo do Amazonas. Na publicação feita por Wilson Lima, ele ainda agradeceu as mensagens de apoio recebidas durante a recuperação e reforçou a importância das medidas preventivas contra a Covid-19. “Quero agradecer aqui as orações, as mensagens de apoio e carinho, e apesar de eu estar curado, não abro mão da minha máscara, e aí eu recomendo que você também use máscara, continue mantendo o distanciamento social, usando álcool em gel, evitando aglomerações e seguindo todas aquelas recomendações dos profissionais da área de saúde”, acrescentou. No dia 18 de março, o governador já havia feito um teste para saber se tinha contraído a Covid-19. Na ocasião, a decisão foi tomada após Lima ter se encontrado com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre que, na época, tinha testado positivo para a doença. No dia 29 de junho, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, também testou positivo para a Covid-19. Uma semana depois do diagnóstico, ele e a primeira-dama do município, Elizabeth Valeiko, foram transferidos para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para dar continuidade ao tratamento, e retornaram para a capital amazonense no dia 29 de julho.

FOLHA DE S.PAULO ONLINE/SÃO PAULO
Data Veiculação: 27/08/2020 às 14h20

Em meio à crise fiscal que assola os estados brasileiros, deputados estaduais do Piauí ganharam o direito a serem ressarcidos por despesas hospitalares relativas à Covid-19. Para casos tratados fora do estado, os parlamentares ainda são autorizados a receber diárias, hospedagem e passagens aéreas para até dois acompanhantes. Os benefícios constam em ato da mesa diretora da Assembleia Legislativa do Piauí publicado no dia 17 de junho. “Excepcionalmente, por conta da pandemia do novo coronavírus, fica assegurado o ressarcimento das despesas efetuadas no tratamento do parlamentar que venha a ser acometido pela doença”, diz trecho da norma. Para receber o que gastou, basta ao deputado comprovar os custos realizados por meio de nota fiscal correspondente. O ato da mesa diretora determina ainda que, enquanto estiverem se tratando fora do Piauí, os políticos terão direito a diárias que podem chegar a R$ 6.000 por cada período de 30 dias de hospedagem. “Fica assegurado a concessão de passagens aéreas destinadas a até dois acompanhantes do parlamentar, requeridas antecipadamente ao setor competente de administração da Casa”, diz outro ponto do texto. A norma aprovada ainda permite efeitos retroativos. O deputado que tiver pago despesas mesmo antes do dia 17 de junho pode solicitar o ressarcimento normalmente. Pelo menos um dos deputados da Assembleia Legislativa do Piauí buscou atendimento hospitalar em São Paulo após ser contaminado pelo novo coronavírus. No dia 12 de julho, Georgiano Neto (PSD) foi internado no hospital Sírio-Libanês. Cinco dias depois, ele precisou ir para a UTI. Ele já recebeu alta médica. Procurado pela Folha, o parlamentar, por meio de sua assessoria, afirmou que até o momento não solicitou o ressarcimento dos gastos. O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Filho (MDB), disse que o ato em questão foi reeditado e existe no âmbito da assembleia há mais de 30 anos para casos de risco de morte ao parlamentar. A assessoria de imprensa da assembleia comunicou que a comissão que analisa os processos ainda não recebeu solicitações de ressarcimento.

SEGURO TOTAL ONLINE/SÃO PAULO
Data Veiculação: 27/08/2020 às 12h31

O debate sobre a volta à normalização dos negócios é uma realidade para os RHs das empresas. A companhia colabora com uma ampla variedade de soluções vinculadas à saúde e à qualidade de vida. Buscando assegurar uma prestação de serviço de máxima qualidade e eficiência para todos os tipos de empresas. As iniciativas da Omint têm criado valor e feito a diferença para engajar e reter os melhores profissionais do mercado, no atual momento. Além de ter colocado suas operações em trabalho remoto, a Omint mantém suas entregas com qualidade. Implementando tudo o que melhore a vida de colaboradores, clientes, credenciados e corretores, em tempo recorde e com novas soluções. Prova disso é a série de vídeos e conteúdos exclusivos sobre o novo coronavírus. Que conta com uma equipe multidisciplinar nos bastidores, para atualizar de forma contínua cada dado, e com fontes altamente referenciadas formadas por médicos e diretores dos principais hospitais e laboratórios do Brasil. A ação é uma das primeiras iniciativas do setor de saúde. O intuito é alertar e disseminar informações relevantes para a população e para as empresas. Exemplo mais recente disso, foi o lançamento de guias com orientações aos RHs e colaboradores para o retorno ao trabalho presencial. E a live sobre o mesmo tema, com o diretor Médico Técnico da Omint, Dr. Marcos Loreto, e Dra. Mirian Dal Ben, infectologista do Hospital Sírio-Libanês. Digitalização E quando o assunto é desburocratizar experiências e proporcionar uma jornada simples, segura e eficiente, a Omint vai ainda além. A companhia acelerou suas estratégias de digitalização. E foi a primeira operadora de planos de saúde premium a aceitar notas fiscais e recibos para reembolso no WhatsApp. Hoje, 95% dos processos já passaram a ser recebidos de forma digital, permitindo um atendimento inovador e, ao mesmo tempo, cada vez mais humanizado. Esse cuidado com o fator humano permeia o centro de toda a gestão da companhia. Sem abrir mão da saúde e do bem-estar de todo o time, que pode contar com ginástica laboral online, lives com professores da academia Omint, além de palestras ao vivo promovidas pelo Núcleo de Saúde e Prevenção (NUSP). O objetivo é apoiar as pessoas com desafios como saúde mental, nutrição e orientações para a retomada do trabalho presencial. A Omint também oferece cursos pela GPT, uma plataforma de treinamentos online, cujo nome faz alusão para que cada colaborador busque construir seu desempenho nos pilares de gestão, protagonismo e talento. Para Cícero Barreto, diretor Comercial e de Marketing da Omint, o comprometimento e resiliência de todos têm sido fundamentais para a manutenção do foco. “Estamos atentos às necessidades e mudanças de comportamento que tendem a surgir nesse cenário de retomada, por isso, buscamos gerar valor às pessoas e ao que realmente importa a elas em seus diversos níveis e momentos. Isso é o que nos inspira e nos faz trabalhar em prol de um ambiente respeitoso, que valoriza suas equipes e respeita cada indivíduo em suas diferenças. Consequentemente, somos capazes de tangibilizar isso nas nossas entregas a toda a nossa cadeia de valor”, conclui. Veja também Artigo anteriorDireto & Reto com Camillo alerta corretores para adequações à LGPD