Confira o que os especialistas do Hospital Sírio-Libanês já falaram na imprensa sobre o novo Coronavírus:

ANAHP
Data Veiculação: 06/01/2021 às 00h00

Grandes desafios e soluções rápidas para enfrentar a covid-19 nos hospitais 6 de janeiro, 2021 A pandemia representou muitos desafios para a ciência brasileira, exigindo alta eficiência da indústria e dos hospitais na busca por soluções para diagnóstico, tratamento, medicamentos e vacinas. Segundo os participantes da mesa do Conahp que falou sobre esse assunto, as três grandes lições aprendidas nesse processo foram sobre a capacidade de contribuição da ciência brasileira, a relevância do uso de tecnologias de informação e comunicação e a importância de um sistema capaz de se adaptar rapidamente. Participaram da conversa Sidney Klajner, presidente do Hospital Israelita Albert Eisntein (HIAE); Luiz Fernando Reis, diretor de ensino e pesquisa do Hospital Sírio-Libanês (HSL), e André Costa, diretor geral e técnico do Mater Dei Betim-Contagem, sob a moderação de Mohamed Parrini, CEO do Hospital Moinhos de Vento. Os convidados destacaram ações e projetos desenvolvidos em seus hospitais. Reis contou sobre a experiência do HSL que, entre muitas colaborações, também investiu em inovações para testagem, com a criação do RT-LAMP. O teste, que usa uma metodologia de transcriptase reversa, permitiu a fabricação de testes em larga escala e valor acessível, preservando parâmetros de sensibilidade e especificidade. “Precisamos de mais responsabilidade na transformação desse conhecimento gerado, em benefício para a população”, disse o pesquisador. Para ele, a pandemia deixou claro que “na ciência não tem atalho” e que os bons resultados são baseados em conhecimento científico e melhor evidência. Dentre as ações do HIAE, Klajner destacou estratégias que permitiram ampliar o cuidado, como a utilização de telemedicina, a descentralização de unidades satélite, adaptações de jornada de atendimento para procedimentos eletivos e aumento do giro de leitos, além da parceria com a prefeitura de São Paulo para erguer e gerir o hospital de campanha do Pacaembu. “Um de nossos aprendizados é que os desafios que o sistema de saúde apresenta já existiam antes da pandemia. O que aconteceu nesse ano é que eles foram mostrados com lentes de aumento, uma verdadeira exposição do que é eficiência e ineficiência do sistema”, comentou o médico.

G1/NACIONAL
Data Veiculação: 06/01/2021 às 22h07

O filho do prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, usou as redes sociais do pai na noite desta quarta-feira (6) para atualizar as informações sobre o estado de saúde dele, que está internado na UTI do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, com Covid-19. Segundo Danilo Gusmão, o pai segue lúcido, animado com a evolução no quadro e tem expectativa para tomar posse na próxima sexta-feira (8), que será virtual. Danilo, que é médico, afirmou que Herzem foi submetido a uma tomografia, na terça-feira (5), que mostrou que houve redução do processo inflamatório pulmonar. Além disso, ele teve melhora dos parâmetros respiratórios, mas continua na UTI usando um cateter nasal de auto fluxo, mas os médicos reduziram a oferta de oxigênio. Por causa da internação, a vice-prefeita Sheila Lemos foi empossada prefeita, temporariamente, na sexta-feira (1º), em cerimônia realizada na Câmara Municipal de Vitória da Conquista. “O prefeito continua lúcido, continua antenado com a cidade, com o que anda acontecendo e está agora na expectativa da posse na próxima sexta-feira, dia 8, que acontecerá de forma virtual. Ele pede mais uma vez para que eu agradeça a toda a população de Conquista pelas palavras de incentivo e pelas orações da cidade. Então boas notícias e como ele sempre diz, Deus no comando, que Deus nos abençoe e um forte abraço a todos”, disse. Evolução do quadro Herzem confirmou que foi diagnosticado com a Covid-19 no dia 7 de dezembro e foi internado onze dias depois, no dia 18, no Hospital Samur, em Vitória da Conqusta, para tratar das complicações pulmonares causadas pela doença. Para intensificar o tratamento, ele foi encaminhado ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde deu entrada na unidade de terapia intensiva, e passou a respirar com auxílio de cateter de oxigênio e fazer fisioterapia pulmonar. Ele tem 72 anos e foi reeleito prefeito de Vitória da Conquista, em segundo turno, no dia 29 de novembro, com 54% dos votos válidos. Com o tempo de licença para tratar da saúde, a vice Sheila Lemos assumiu o comando da cidade no dia 1º de janeiro. Assista aos vídeos do BATV.

G1/NACIONAL
Data Veiculação: 06/01/2021 às 11h10

Você pode ouvir todos os episódios de "Novo coronavírus: perguntas e respostas" no G1, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o programa "Novo coronavírus: perguntas e respostas, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar. Um tipo de vacina é melhor que a outra? Posso tomar mais de uma vacina? Depois que tomar, é possível retomar a vida normal, sem máscara? Saiba também se há contraindicações entre outras questões importantes. No podcast acima, o bioquímico Luiz Fernando Lima Reis, diretor de ensino e pesquisa do Hospital Sírio-Libanês em São Paulo, responde perguntas sobre as vacinas desenvolvidas para proteger contra o vírus Sars-Cov-2, causador da Covid-19.